Notícias
Empresas exportadoras vão traçar projeto piloto para testar modalidade de despacho de blocos
05 de Fevereiro de 2019 . 10h19
Empresas exportadoras vão traçar projeto piloto para testar modalidade de despacho de blocos
Reunião realizada na sede da Alfândega do Porto de Vitória, na qual esteve presente o executivo do Sindirochas, Celmo de Freitas, deu prosseguimento na análise de tema que há alguns dias, o órgão federal apresentou para a entidade e para o Centrorochas, indicando a necessidade de ajustes nos procedimentos para exportação de blocos de rochas ornamentais.

A Alfândega aponta a necessidade da substituição dos embarques antecipados, hoje prática comum na exportação de blocos, para os embarques normais, visando questões de gerenciamento de risco, exigências já adotadas por outros países quanto a antecedência de informações e, ao critério de excepcionalidade previsto para a modalidade dos embarques antecipados.

Ficou definido, no encontro desta segunda-feira, 04 de fevereiro, que contou com 30 representantes de empresas exportadoras de blocos, principais despachantes e armadores do Estado a execução de um projeto piloto que será executado pelas empresas exportadoras presentes na reunião. Elas terão dois meses para testar a modalidade sugerida a apresentar os resultados em um novo encontro na Alfândega, previamente agendado para a primeira semana de abril. Antes disso, no entanto, o grupo irá se reunir para alinhamento das informações.

Presentes ao evento, além do representante do Sindrochas, o presidente do Centrorochas, Frederico Robison, a superintendente, Alessandra Bertolani, o delegado Fabrício Betto e os auditores fiscais Douglas Coutinho e Osmany de Carvalho.

SINDIROCHAS


E-mail: sindirochas@sindirochas.com.br
Fone: (28) 3521-6144
Mais Informações