Exportadores de rochas devem valorizar seus produtos, alertam compradores americanos - Sindirochas Espírito Santo
Fale Conosco     Área do Associado
Notícias
Exportadores de rochas devem valorizar seus produtos, alertam compradores americanos
23 de Julho de 2020 . 10h37
Exportadores de rochas devem valorizar seus produtos, alertam compradores americanos
‘O setor de rochas ornamentais brasileiro e o mercado dos EUA’ esse foi o tema do Stone Summit – episódio 2 desta quarta-feira, 22 de julho. A série de lives explorou os desafios e oportunidades na visão de importantes buyers americanos.

Realizado pela Milanez & Milaneze, juntamente com as entidades setoriais Sindirochas e Centrorochas, o evento virtual reuniu um time de especialistas no mercado americano: Rogério Antônio (diretor de operações da Arizona Tile), Ramon Oliveira (diretor de compras da ASG Group), Rodrigo Pinheiro (gerente de operação no Brasil de cinco empresas americanas: Emerstone, Spazio Marble, Vitoria Internacional, MGI e Cosmos Surfaces) e Mauro Silva (gerente de compras da Allure Natural Stone).

Os quatros foram unânimes ao elogiar a diversidade dos materiais brasileiros, a beleza e variedade do mix de produtos. Eles ressaltaram ainda que os fornecedores brasileiros precisam valorizar seus produtos investindo em estratégias de marketing voltada para o mercado americano. Rogério e Mauro focaram na necessidade de investimento conjunto. “O Brasil precisa, urgentemente, investir mais no marketing, principalmente do quartzito que é um produto exclusivo”, alertou Rogério. “As empresas precisam se unir para investir juntas e não apenas um pequeno grupo, pois todos serão beneficiados”, completou Mauro.

Ramon acrescentou que o setor está carente de estratégia comercial. “Falta estratégia comercial no processo de venda. Esse trabalho precisa começar com o minerador que deve saber quem são seus parceiros para divulgar seu material e manter os preços a longo e médio prazo. Tem que ter uma estratégia de venda, de lançamento de produto, desde o minerador até o exportador. A gente já trabalha com muitas variáveis ao longo do processo, como a oscilação do dólar”, explicou.

Responsável pela operação de compras e inspeção de cinco empresas americanas no Brasil, Rodrigo enfatizou a importância do investimento na qualificação dos vendedores. “As empresas só vão ter resultados melhores em sua atuação no mercado americano quando os vendedores dos produtos nos Estados Unidos absorverem as informações sobre estes materiais. O principal para evoluir nas vendas e aumentar o volume de negócios é evoluir na disseminação destas informações. Já tem empresas fazendo isto e estão saindo na frente”, alertou e completou que é importante que estas informações alcancem diretamente os vendedores e o consumidor final.

Com grande atuação no mercado americano, como fornecedor de produtos, o diretor comercial da Decolores, Gustavo Probst, também participou deste debate inédito e concordou com os compradores. “É unânime a importância do investimento em marketing. Toda pedra natural é única e nós precisamos desenvolver um trabalho de divulgação específico. Completo ainda que, tão importante quanto o marketing, é rever a estratégia comercial”, afirmou.

Entre várias colocações ao longo da live, o presidente do Sindirochas, Tales Machado, pediu que as empresas brasileiras ouçam o pedido dos compradores. “As empresas precisam se unir e trabalhar juntas na valorização dos produtos nacionais. Os compradores foram claros em suas colocações. Cabe a nós, empresários e líderes setoriais, fazermos o dever de casa”, concluiu.

Cenário
Mediado pela diretora da Milanez & Milaneze, Flávia Milaneze, e seguindo todas as normas de saúde e segurança, o episódio 2 do Stone Summit foi transmitido ao vivo de um estúdio montado na ‘Casa Urbana’, instalada na sede da PBA Stones, localizada no município da Serra/ES. A empresa cedeu gentilmente o espaço que conta com uma belíssima cozinha revestida por materiais que representam bem o potencial das rochas brasileiras para o mercado externo.

Sobre o Stone Summit
O projeto nasceu com o objetivo de conectar oportunidades e compartilhar informações e dados importantes do mercado de rochas ornamentais. O Stone Summit é uma iniciativa da Milanez & Milaneze, realizadora da Vitoria e Cachoeiro Stone Fair, juntamente com as entidades setoriais Sindirochas e Centrorochas e conta com apoio do Cetemag, Rochativa, Simagran CE, SinRochas MG e Revista Rochas. Este segundo episódio contou patrocínio da empresa italiana Pedrini.


Confira a íntegra do episódio 2 do Stone Summit: clique aqui!