Fale Conosco     Área do Associado
Notícias
Até novembro deste ano, Espírito Santo exportou sozinho mais que todo o país em 2020
16 de Dezembro de 2021 . 09h36
Até novembro deste ano, Espírito Santo exportou sozinho mais que todo o país em 2020
Estado líder na exportação de rochas ornamentais brasileiras, o Espírito Santo atingiu, em novembro, o faturamento de 1,01 bilhão de dólares com as exportações de rochas ornamentais. Esse montante supera o que foi registrado pelo país ao longo de 2020 (cerca de 987,36 milhões de dólares).

Os dados foram divulgados esta semana pelo Sindirochas (Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcário do Estado do Espírito Santo) e Centrorochas (Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais). O estado capixaba registrou alta, até novembro, em relação ao mesmo período do ano passado, de 37,13% em valor, superando o número nacional, 36,20%. De janeiro a novembro, o setor de rochas nacional acumulou faturamento de 1,22 bilhão de dólares com a exportação de 2.213 mil toneladas.

Minas Gerais e Ceará seguem o Espírito Santo no ranking de maiores exportadores. Minas atingiu faturamento de 121,4 milhões de dólares e alta de 14,7%, enquanto o Ceará acumulou um total de 36,1 milhões de dólares, registrando crescimento de 55%. Apesar de figurarem no top três há vários meses, os três estados possuem características distintas a exemplo dos principais mercados consumidores. Para se ter uma ideia, analisando apenas as exportações em novembro deste ano, o Espírito Santo enviou materiais essencialmente para Estados Unidos (69,1%) e China (8,6%); Minas Gerais exportou, prioritariamente, para China (34,7%) e Estados Unidos (19,4%); enquanto o Ceará escoou sua produção para Estados Unidos (61,4%) e Itália (33,1%).

Mercado movimentado para participar de feira nos Estados Unidos
As empresas do setor de rochas ornamentais capixaba se preparam para participar da Coverings 2022, considerada a maior feira do ramo de mármore e granito da América do Norte, que acontecerá de 05 a 08 de abril, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A participação brasileira será por meio do It’s Natural – Brazilian Natural Stone, organizado pelo Centrorochas e ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

O Pavilhão Brasileiro será formado por 74 estandes divididos em uma área de 1.780 m². Ainda há vagas disponíveis para empresas brasileiras do setor de rochas que tenham interesse em participar do evento. Basta ser ou se tornar uma empresa apoiada pelo projeto setorial para ter acesso aos benefícios. A adesão é gratuita mediante assinatura de termo inicial e resposta a pesquisa de segmentação. Os interessados podem falar com a responsável pela gestão de relacionamento do projeto, Mila Romanelli: 27 99983-5125.