Fale Conosco     Área do Associado
Notícias
Conselheiros do Sindirochas confirmam adesão ao diagnóstico de segurança do setor
21 de Junho de 2022 . 14h50
Conselheiros do Sindirochas confirmam adesão ao diagnóstico de segurança do setor
Os membros do Conselho de Administração do Sindirochas confirmaram, durante reunião realizada nesta terça-feira (21/06), adesão ao diagnóstico situacional de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) do setor de rochas ornamentais, fruto de parceria firmada entre a entidade patronal, o Sesi-ES e Sebrae-ES.

Anunciado no final de maio, o levantamento busca ampliar e otimizar ações para promoção da saúde e segurança, prevenção de acidentes e melhoria da competitividade e produtividade do setor de rochas do Espírito Santo. “Não podemos ser irresponsáveis e trabalhar a qualquer custo, principalmente quando se fala na segurança do trabalhador. É importante que todas as empresas façam o diagnóstico. Nosso objetivo maior é preservar a vida dos colaboradores e evitar acidentes”, frisou o presidente do Sindirochas, Ed Martins, ao comemorar a adesão dos conselheiros durante o encontro.

Confira alguns dos outros assuntos tratados na reunião híbrida, que contou com conselheiros no escritório do Sindirochas, em Cachoeiro de Itapemirim, ou distribuídos em outros municípios do Estado, mas presentes por meio de videoconferência:

Receita e Despesas 2022
Apresentadas as receitas e despesas realizadas até abril e projeção até o final do ano, demonstrando, até o momento, alinhamento entre as projeções e a as realizações.

CCT 2022/2024
Atualização sobre a Convenção Coletiva do Trabalho (CCT) 2022/2024. Após aprovação também pela Assembleia Laboral, a previsão é que o documento seja assinado ainda nesta semana.

50 anos
No próximo ano o Sindirochas comemorará 50 anos de fundação. Uma comissão será formada por membros do Conselho para planejamento das ações em 2023.

PLP 17/2022
O deputado federal, Felipe Rigoni, e seu assessor legislativo, Felipe Guimarães, apresentaram o PLP 17/2022, Código de Defesa do Pagador de Impostos. O projeto, protocolado em maio deste ano, busca maior proteção e criação de direitos ao pagador de impostos com o objetivo de conter abusos rotineiramente observados.